Translate

domingo, 25 de abril de 2010

Me chama?

Olá! Tem alguém em casa?
Ela pergunta entrando na sala vazia,
Vazia dela...
As coisas todas que estão espalhadas pela sala de nada lembram que alguma vez ela esteve ali,
entregue.
A luz fraca, oscilante, lembra uma vela que tremula ou tremulava no quarto,
Vazio...
Vazio dela...
Nada ali,
a não ser ela mesma,
lembra que alguma vez ela esteve ali,
Entregue...

Olá! Tem alguém aí?
Ela pergunta ao entrar no coração,
que ainda guarda um espaço dela,
só dela...

Mas a vida...
Oh! A vida!
Ela parece não ter mais espaço...
Não o espaço que ela queria ocupar...
Então ela recolhe os restos das coisas...
Os restos dela mesma que ficaram espalhadas por alguns cantinhos empoeirados da casa
E se prepara pra partir novamente...

Espera talvez um chamado, talvez um toque...
Espera.
Espero.

Não tinha data

A noite começa...
Uma dose,
uma conversa,
dança um pouco...

Bebe,
outra dose,
dança,
conversa,
ri...

Esquece
esquece
esquece...
Esquece todos os problemas...
Esquece seu nome,
sua cor,
sua vida...
Esquece seus problemas,
esquece os problemas dos outros...

Esquece o seu lugar,
esquece a falta de lugar...
Esquece o que sente...

Toma!
Mais uma dose!
E o mundo gira...

[Mas ele não gira sempre?]

Gira. Mas gira mais...
A noite começou...
Dança,
gira,
bebe,
esquece.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Pequena história sobre meu pai...

[Ou Coisa para se contar aos netinhos]

Sair de carro as onze da noite com o pai do lado como condição para tal acontecimento. [confere]
Sair conversando com o pai de madrugada na rua sobre coisas que você não fala com ele. [confere]
Cantar uma menina na rua JUNTO COM O SEU PAI. [confere]
Buscar pessoas por um caminho que o seu pai não conhece. [confere]
Seu pai CHAMAR ESSAS PESSOAS PRA TOMAR UMA CERVEJA. [confeeere! \o/]
Deixar as pessoas em casa e sair por três bairros procurando um bar com o seu pai. [confere]
Ir num bar barra pesada com o pai porque era o único aberto. [confere]
Tomar uma cerveja com o seu pai nesse bar mesmo dirigindo. [confere]
Seu pai pagar a conta. [confere]

Tem coisas que devem ser eternizadas num pedaço de papel... Essa é uma delas.